Flexibilização dos Modelos de Trabalho
Impactos da pandemia na adoção de políticas mais disruptivas de trabalho

25 e 26 de junho de 2020


Sobre o Evento

Não há dúvidas de que a flexibilização do trabalho é um caminho sem volta no mercado de trabalho mundial. A atual pandemia apenas acelerou a chegada ao "futuro do trabalho", ao criar a necessidade de flexibilização de forma compulsória. É fato que as empresas que estavam melhor preparadas para adotar os protocolos de flexibilização com maior rapidez e organização estão conseguindo manter a produtividade das equipes e diminuir os impactos da crise. Por isso, a pergunta agora é: como ficarão os modelos flexíveis de trabalho após o período de pandemia?
Para responder a esta pergunta, vale a reflexão sobre diversos aspectos, como:

• Qual será o "Novo Normal" e como o trabalho flexível se desenvolverá neste novo mundo?
• Quais serão os entraves operacionais para manter modelos de trabalho mais flexíveis e preparados para novos cenários de instabilidade?
• Como manter a satisfação e a produtividade dos funcionários no trabalho remoto?
• Quais flexibilizações serão possíveis para manter os negócios funcionando em crises similares a atual?
• De que forma lidar com possíveis objeções da liderança e dos sindicatos para os modelos mais flexíveis?
• É possível minimizar a insegurança jurídica gerada pela judicialização, que pode criar passivos trabalhistas indesejáveis?

Após o sucesso da primeira edição deste seminário realizado em 2019, a agenda da edição de 2020 foi aprimorada e organizada de forma a oferecer um ambiente de interatividade entre palestrantes e participantes, com o objetivo de discutir sobre como minimizar os entraves para uma maior flexibilização do trabalho nas organizações e os impactos da pandemia nos modelos de trabalho, bem como apresentar iniciativas flexíveis que estão dando certo em algumas empresas.
Haverá maior tempo de exposição de cada palestra aliado com mais espaço para você tirar suas dúvidas com os pares e especialistas de mercado.

Será que uma iniciativa estruturada de flexibilidade pode também ser benéfica para sua empresa na Pós-pandemia? Participe deste evento e discuta os prós e contras da flexibilização para criar maior competitividade e produtividade para seu negócio, seja em cenários de normalidade ou de crise.

PRINCIPAIS ASSUNTOS EM DESTAQUE

• Insegurança jurídica e comportamento do Judiciário
• Resistência cultural à flexibilização
• Desafios trabalhistas e sindicais na negociação de contratos diferenciados
• Redução de custos e produtividade em modelos flexíveis
• Experiências práticas de programas de home office, trabalho remoto e jornadas flexíveis

PARA QUEM É ESTE ENCONTRO

Gestores e profissionais seniores das áreas de RH, Relações Trabalhistas, Talentos, Benefícios, Jurídico Trabalhista, assim como todos aqueles interessados em desenvolver políticas mais flexíveis no trabalho de suas equipes.

Agenda (sujeita a alterações até a data do evento)

Este evento contará com apresentações de experiências, cases e melhores práticas, abrindo a possibilidade para trocas de experiências entre Palestrantes e Participantes.

25/06/2020 - Quinta-feira Sessões 13:30 - 17:30
  • 13:30 Abertura do evento e Palestra: TELETRABALHO e o "Novo Normal"

    Luis Otávio Camargo Pinto, Presidente – Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades - SOBRATT
    Advogado atuante na área de Direito Individual do Trabalho e Direito Sindical. Pós-graduado em Economia e Relações do Trabalho pela Pontifícia Universidade de São Paulo – PUC-SP. Diretor de Relações Institucionais do Sindicato da Sociedade de Advogados dos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro – SINSA; presidente da Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades – SOBRATT; consócio do IAB – Instituto dos Advogados Brasileiros; Integrante da Comissão de Direito Trabalhista da OAB/SP em 2010, recondução no período 2012/2013 e 2017/2018; integrante de bancas examinadoras do XXV, XXX, XXXVII concursos de ingresso da Magistratura do Trabalho.

  • 14:10 Como está o caminho da flexibilização do trabalho no Brasil do ponto de vista jurídico

    Ricardo Calcini, Consultor e Professor Especialista em Direito do Trabalho - FMU
    Nesta palestra serão abordadas todas as legislações que fortalecem modelos mais flexíveis de trabalho, passando pela análise sobre as decisões judiciais sobre o trabalho intermitente, a "minirreforma trabalhista" proposta pela MP da Liberdade Econômica, Contrato Verde e Amarelo, o teletrabalho, as situações do autônomo e do trabalho terceirizado, entre outros, como todos os desdobramentos decorrentes da pandemia que impactaram a flexibilização dos modelos de trabalho.

  • 14h55 às 15h10 Esclarecimento de Dúvidas

  • 15h20 O futuro das relações trabalhistas e sindicais considerando a flexibilidade dos contratos de trabalho
    • Como fica a relação com os sindicatos considerando a flexibilização trazida pelas últimas reformas trabalhistas aprovadas e a pandemia
    • De que forma lidar com a resistência do sindicato em negociar novos modelos
    • Soluções para evitar passivo trabalhista sob o ponto de vista da negociação sindical

    Edmilson Novais, Coordenador de Relações Trabalhistas e Sindicais – RD Raiadrogasil S.A.
    Graduado em direito pela UNIP, com Especialização em Direito Sindical pela Escola Superior de Advocacia – ESA e Pós-graduação em Direito e Processo do Trabalho pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Mais de 12 anos de experiência na área trabalhista e sindical, atuando em empresas como Construtora Camargo Corrêa e Klabin. Atualmente, responde pelas relações trabalhistas e sindicais da RD – RaiaDrogasil S.A.

  • 16h05 às 16h20 Esclarecimento de Dúvidas

  • 16h30 Transformação cultural necessária para o sucesso de modelos mais flexíveis – Caso IBM
    • Principais objeções para uma mudança no mindset
    • Como mensurar benefícios dos modelos flexíveis e quebrar a resistência
    • Como preparar os líderes para liderar à distância ou em formatos diferenciados
    • De que forma ajudar o colaborador a performar em modelos remotos
    • Uma reflexão sobre os impactos da pandemia nos modelos de trabalho mais flexíveis
    • A experiência da IBM – um caso real

    Elinee N. Ferreira, HR Business Partner - da área de Serviços - IBM - GBS
    Business Partner de uma das áreas de serviço da IBM Brasil conhecida como GBS (Global Business Service). Mais de 20 anos de carreira, sendo nove desta na IBM em posição de liderança senior na área de RH. Apaixonada e usuária de Inteligência Artificial e People Analytics.

  • 17h15 às 17h30 Esclarecimento de Dúvidas

  • 17h30 Encerramento do Primeiro Dia

26/06/2020 - Sexta-feira Sessões 14:00 - 17:30
  • 14h00 Abertura do Segundo Dia

    Luis Otávio Camargo Pinto, Presidente – Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades - SOBRATT

  • 14h10 Negociado X Legislado – Como garantir maior a segurança jurídica dos acordos para a flexibilidade
    • Qual o entendimento do judiciário sobre a tendência em flexibilização nos acordos coletivos e individuais

    Farley Ferreira, Juiz do Trabalho – Tribunal Regional do Trabalho 2ª Região

  • 15:20 O trabalho flexível na Unisys – Home office, trabalho remoto e outras iniciativas de flexibilização
    • Conhecendo melhor a empresa e seus valores
    • Objetivos e desafios para implantação de cada uma das iniciativas atuais
    • Como a Unisys avalia o desempenho dos colaboradores que atuam em modelos flexíveis
    • Iniciativas em estudo e/ou implantação e lições aprendidas com a pandemia até o momento

    Rebeca Ambrozio, SR HR Manager – Unisys
    Treze anos de experiência como HR Business Partner e Gerente de Recursos Humanos em empresas multinacionais como Unisys, Eaton, Novelis, Reckitt Benckiser e Valeo, sendo responsável pela liderança destas áreas nos últimos dois anos. Experiência nos subsistemas: Desenvolvimento Organizacional e Gestão de Talentos, Recrutamento e Seleção, Recompensas e Benefícios, Folha de Pagamento, Saúde, Comunicação Interna, Clima, Relações Sindicais, Relações Trabalhistas, Ética e Compliance e Bem-Estar.

  • 16h05 às 16h20 Esclarecimento de Dúvidas

  • 16h30 Saiba como sua empresa pode utilizar políticas de flexibilidade para melhorar a qualidade de vida do colaborador sem perder competitividade
    • Equilíbrio de modelos x Target buscado
    • Quebra de paradigma ou de conceito de uma geração
    • Os resultados são reflexos da empresa flexível ou da flexibilidade do time

    Petterson Neres Rodrigues Dias, Employee Relations & Labor Relation Supervisor – Johnson & Johnson
    Carreira desenvolvida em Relações Sindicais e Relacionamento com os Empregados de base Jurídica estratégica. Formado pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas- PUCCAMP em Direito, com MBA em Gestão Estratégica pela Universidade de São Paulo – USP, Especialização em Relações Trabalhistas e Sindicais pela WCCA Wilson Cerqueira Consultores Associados e formação como Mediador e Conciliador pela Escola Paulista de Magistratura de São Paulo. Atuou nos últimos 10 anos em empresas como CPFL Energia, Elektro Distribuidora de Energia, Hyundai Motor Brasil, Honda Automóveis Brasil e, atualmente, na supervisão do relacionamento com os empregados e relações sindicais da Johnson & Johnson Brasil.

  • 17h15 às 17h30 Esclarecimento de Dúvidas
  • 17h30 Encerramento do Evento

Palestrantes

Profissionais destacados em suas áreas de atuação que estarão presentes no evento.

  • Farley Ferreira, Juiz do Trabalho – Tribunal Regional do Trabalho 2ª Região
    Professor-Tutor da FGV On-line e Mestrando no Departamento de Direito do Trabalho e Seguridade Social da Faculdade de Direito do Largo São Francisco – USP. É Especialista em Direito e Processo do Trabalho pela Universidade Gama Filho (2006) e Bacharel em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2003). Atualmente, é também Presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 2ª Região – AMATRA-2.
  • Ricardo Souza Calcini, Consultor e Professor Especialista em Direito do Trabalho - FMU
    Professor da FMU e de Pós-Graduação da EPD e do Complexo Damásio. Mestre em Direito do Trabalho PUC/SP. Especialista em Relações Trabalhistas e Sindicais. Coordenador do Projeto Acadêmico "Dúvida Trabalhista? Pergunte ao Professor!" organizado pelo Portal Jurídico JOTA. Eleito como personalidade do ano em 2017 pela ABTD/PR, em parceria com a FIESP, por ter participado de mais de 50 eventos sobre a Nova Lei da Reforma Trabalhista.
  • Edmilson Novais, Coordenador de Relações Trabalhistas e Sindicais – RD Raiadrogasil S.A.
    Mais de 12 anos de experiência na área trabalhista e sindical, atuando em empresas como Construtora Camargo Corrêa e Klabin. Atualmente, responde pelas relações trabalhistas e sindicais da RD – RaiaDrogasil
  • Rebeca Ambrozio, SR HR Manager – Unisys
    Treze anos de experiência como HR Business Partner e Gerente de Recursos Humanos em empresas multinacionais como Unisys, Eaton, Novelis, Reckitt Benckiser e Valeo, sendo responsável pela liderança destas áreas nos últimos dois anos.
  • Elinee N. Ferreira, HR Business Partner - Área Digital Strategy e Transformation – IBM
    Business Partner de uma das áreas de serviço da IBM Brasil, a GBS (Global Business Service). Mais de 20 anos de carreira sendo 9 destes na IBM, em posição de liderança senior na área de RH. Apaixonada e usuária de Inteligência Artificial e People Analytics.
     
  • Petterson Neres Rodrigues Dias, Employee Relations & Labor Relation Supervisor – Johnson & Johnson
    Employee Relations & Labor Relation Supervisor – Johnson & Johnson. Carreira desenvolvida em Relações Sindicais e Relacionamento com os Empregados de base Jurídica estratégica. Atuou nos últimos 10 anos em empresas como CPFL Energia, Elektro Distribuidora de Energia, Hyundai Motor Brasil, Honda Automóveis Brasil.
  • Luis Otávio Camargo Pinto, Presidente – Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades - SOBRATT
    Advogado e Administrador, pós-graduado em RH, sócio fundador do escritório Ferreira Rodrigues Sociedade de Advogados. É diretor jurídico da ABRH BRASIL, Presidente (2015-2017) da SOBRATT Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades e conselheiro da ABRH-SP. Conselheiro do Comitê de Relações do Trabalho da CNI, CNC e da FIESP, onde também é membro convidado do Conselho Superior Jurídico da FIESP, diretor do Sindicato das Sociedades de Advogados de SP e RJ, entre outras participações associativas.









  •  

Inscrições e valores

Valor das inscrições

• R$ 2.280,00 para pagamentos efetuados até 11/06. Após essa data, o valor será de R$ 2.680,00 por participante.
• Desconto de 10% para 3 ou mais inscrições da mesma empresa.

Baixe aqui sua ficha de Inscrição.

Perguntas frequentes

Perguntas frequentes sobre este evento

O evento trata do tema Flexibilização dos Modelos de Trabalho com profundidade e com profissionais de diversas áreas e, portanto, visões diversificadas sobre a questão. Nenhum ponto de vista ficará de fora.

Alia-se a isso o nível de engajamento dos profissionais presentes e a possibilidade de network com experts nos temas apresentados.

Sim. A inscrição garante participação em todas as palestras.

Sim. Há um desconto de 10% para grupos de 3 ou mais participantes da mesma empresa.

A inscrição garante acesso a todas as palestras e certificado de participação.

Em geral, os palestrantes disponibilizam as apresentações após o evento, mas isso ficará a critério de cada palestrante.

Acesso

Através da plataforma Zoom